sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

DADÁ

Como na postagem anterior, postarei aqui o texto já publicado na minha página do Facebook, seguido das tirinhas e algumas ilustrações da minha personagem Dadá , que assim como a Febeca, foi criada no ano de 2006. Algumas tirinhas não estão com bom acabamento, pois o projeto está parado por falta de verba, que é algo, infelizmente, muito comum aos artistas... de qualquer forma estão em condições de serem compreendidas em seus conceitos. Quem sabe com a divulgação aqui, aumento as chances de dar continuidade a minha Dadá.

"Eduarda, a Dadá, foi inspirada no dadaísmo e da necessidade, que senti, de criar uma personagem que estimulasse a curiosidade do leitor sobre filosofia, psicologia, arte e cultura, de uma forma geral.
Dadá tem “cara de janela” por causa das janelas da alma, que ela mantém sempre aberta a novidades e a questionamentos. Seu pai tem “cara de porta”, por causa das portas da percepção, meio fechada, porque ele já tem dificuldades de se abrir para o mundo como acontece com sua filha. Por fim a mãe, que tem “cara de gaveta”, por causa das gavetas de Salvador Dali, que representam a memória.
Sabendo que existe este preconceito que atenta contra a real capacidade do ser humano, que é capaz de entender mais do que se imagina, que é capaz de sentir curiosidade, se interessar e ter vontade de saber mais, sempre, é que criei este projeto.

Muitos olham o projeta Dadá e logo dizem:'- Crianças não vão entender!'
Então respondo:'- Não entenderam? Então perguntem pra alguém, ou vão pesquisar!'
A idéia é estimular!"
























Nenhum comentário: