sexta-feira, 30 de setembro de 2011

OPINIÃO - "DARWIN E A REGRESSÃO DA ESPÉCIE"

Ok, calma! Até houve a tal evolução das espécies e tal... Contudo uma, especificamente, parece ser uma contradição e evolui na mesma proporção em que regride... O Homem!

O ser humano é a única das espécies que conseguiu o milagre de ser inteligente e estúpido ao mesmo tempo!

Darwin não tem culpa disso, claro, só não observou atentamente sua própria espécie, exatamente por ser inteligente e estúpido ao mesmo tempo.

Mas se a culpa não é dele, de quem seria? Bom, melhor não mexer nisso...

Vamos voltar a nova “teoria da contradição”. Podíamos refletir aqui sobre o aquecimento global (que mesmo depois de nós tomarmos conhecimento disso, continuamos agindo como estúpidos e piorando cada dia mais a nossa situação nesta poeirinha cósmica que chamamos de Terra), mas acho que usar uma situação mais simples e que não exija demais de nossa metade estúpida, facilita.

Todo supermercado, como sabemos, tem aquela fileira de caixas (onde a maioria nunca está “funcionando”). Até onde sei, o espaço entre uma caixa e outra é calculado exatamente para a passagem do carrinho de compras, então fica fácil concluir que é pra passarmos com ele por ali, certo?

Lembro até que tinha um aviso de “passe com seu carrinho” em cada uma das caixas, o que comprova a tese.

Claro que ninguém passa com seus carrinhos de compras por ali. Simplesmente largam para trás.

Conclusão:
Um monte de carrinhos atravancando quem quer passar, atrasando as filas ainda mais e uma série de outros transtornos.

O supermercado percebendo que as pessoas não estão atendendo ao aviso de “passe com seu carrinho”, o que fazem?

Tiram o aviso, lógico! Não poderia ser diferente.

As moças que atendem nas caixas também não falam nada sobre isso com os clientes (tudo bem, talvez elas não tenham evoluído o suficiente para falar) e fica aquela coleção de carrinhos infernizando os que conseguiram evoluir pra frente.

Por isso acho que há uma falha na teoria de Darwin... Mas pode ser só falta de educação mesmo.

E assim caminha a humanidade... Para trás!

Nenhum comentário: